quinta-feira, 31 de março de 2011

Tratados de Paz

Depois da primeira guerra mundial foram feitos vários tratados de paz, destacando o tratado de Versalhes. Esses tratados de paz (principalmente o tratado de Versalhes) foram feitos para demonstrar superioridade e para castigar os países perdedores. São eles: Tratado de Versalhes, 14 Pontos de Wilson, Tratado de Saint-Germain, Tratado de Trianon, Tratado de Neuilly e os tratados de Sèvres e de Lausanne.

Tratado de Versalhes:

Foi um tratado imposto à Alemanha que propunha:
*Restituir os territórios da Alsácia e da Lorena à França;
*Ceder minas de carvão da região do Sarre à França por 15 anos;
*Ceder suas colônias, submarinos e navios à Inglaterra, França e Bélgica;
*Pagar aos vencedores 33 bilhões de dólares de indenização;
*Reduzir seu poderio bélico (proibido de fabricar armas e de ter um exército com mais se 100 mil homens).

14 Pontos de Wilson:

Tomas Woodrow Wilson, com o intuito de propor paz aos países que participaram da Guerra fez várias propostas. São elas:
1) Inaugurar pactos de paz, depois dos quais não deverá haver acordos diplomáticos secretos, mas sim diplomacia franca e sob os olhos públicos;
2) Liberdade absoluta de navegação nos mares e águas fora do território nacional, tanto na paz quanto na guerra, com exceção dos mares fechados completamente ou em parte por ação internacional em cumprimento de pactos internacionais;
3) Abolição, na medida do possível, de todas as barreiras econômicas entre os países e o estabelecimento de uma igualdade das condições de comércio entre todas as nações que consentem com a paz e com a associação multilateral;
4) Garantias adequadas da redução dos armamentos nacionais até o menor nível necessário para garantir a segurança nacional;
5) Um reajuste livre, aberto e absolutamente imparcial da política colonialista, baseado na observação estrita do princípio de que a soberania dos interesses das populações colonizadas deve ter o mesmo peso dos pedidos equiparáveis das nações colonizadoras;
6) Retirada dos Exércitos do território russo e solução de todas as questões envolvendo a Rússia, visando assegurar melhor cooperação com outras nações do mundo. O tratamento dispensado à Rússia por suas nações irmãs será o teste de sua boa vontade, da compreensão de suas necessidades como distintas de seus próprios interesses e de sua simpatia inteligente e altruísta;
7) Bélgica, o mundo inteiro concordará, precisa ser restaurada, sem qualquer tentativa de limitar sua soberania a qual ela tem direito assim como as outras nações livres;
8) Todo território francês deve ser libertado e as partes invadidas restauradas. O mal feito à França pela Prússia, em 1871, na questão da Alsácia e Lorena, deve ser desfeito para que a paz possa ser garantida mais uma vez, no interesse de todos;
9) Reajuste das fronteiras italianas, respeitando linhas reconhecidas de nacionalidade;
10) Reconhecimento do direito ao desenvolvimento autônomo dos povos da Áustria-Hungria, cujo lugar entre as nações queremos ver assegurado e salvaguardado;
11) Retirada das tropa grandes e pequenos Estados.
12) Reconhecimento da autonomia da parte da Turquia dentro do Império Otomano e a abertura permanente do estreito de Dardanelos como passagem livre aos navios e ao comércio de todas as nações, sob garantias internacionais;
13) Independência da Polônia, incluindo os territórios habitados por população polonesa, que devem ter acesso seguro e livre ao mar;
14) Criação de uma associação geral sob pactos específicos para o propósito de fornecer garantias mútuas de independência política e integridade territorial dos grandes e pequenos estados.

Tratado de Saint- Germain:

*Desmembrou o Império Austro-Húngaro e tirou da Áustria sua saída para o mar.
* Forçou a Áustria a reconhecer a independência da Tchecoslováquia.
* Hungria, Polônia e Iugoslávia cederam aos novos países grande parte dos territórios.

Tratado de Trianon:

*Assinado em 4 de junho de 1920 em Versalhes, França. 
*Queria regular a situação do novo Estado húngaro que substituiu o Reino da Hungria após a Primeira Guerra Mundial. 
*O tratado envolveu as potências vitoriosas, seus aliados e o lado perdedor. As potências vitoriosas incluíam os Estados Unidos, o Reino Unido, a França e a Itália; seus aliados eram a Romênia, a Iugoslávia e a Tchecoslováquia. O lado perdedor estava representado pela Hungria.

Tratado de Neuilly:

*Acordo de paz firmado em Neuilly-sur-Seine (França) em 27 de novembro de 1919 entre os países vencedores da Primeira Guerra Mundial e a Bulgária.
*A Bulgária reconhecia o velho Reino da Iugoslávia, pagava 1 dólar de indenização e reduzia o seu exército a 100000 membros. Também perdia um pouco de território ocidental para a Iugoslávia e cedia a Trácia Ocidental à Grécia, perdendo assim o acesso ao Mar Egeu.

Tratado de Sèvres:

*Acordo de paz assinado entre os Aliados e o Império Otomano em 10 de Outubro de 1920.
*Falava que os estreitos de Bósforo e dos Dardanelos, assim como o Mar de Mármara, seriam transformados em zonas internacionalizadas e sua travessia permitida a todos os navios estrangeiros, mercantes ou de guerra.

Tratado de Lausanne:

*Tratado de paz firmado em 24 de julho de 1923 na cidade suíça de Lausanne por Reino Unido, França, Itália, Japão, Grécia, Romênia, Reino dos Sérvios, Croatas e Eslovenos, e Turquia.
*O acordo levou ao reconhecimento internacional da nova República da Turquia como sucessora do extinto Império Otomano.
*Anulou o tratado de Sèvres, que foi assinado pelo governo otomano de Istambul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário